Rádio Campo Maior AM
Canudos FM
SM Publicidade
Fundação Canudos
Quixeramobim
Fale Conosco
Você concorda com o aumento no número de vereadores em Quixeramobim nas eleições de 2020?




 
Sábado, 18 de novembro de 2017.
Clique aqui para ouvir nosso Jingle
No ar: Manhã 106
No ar: Sábado é Show
 

Sérgio Machado
Radialista


O governador e suas prioridades
   

Em recente entrevista concedida à Radio Campo Maior o deputado Heitor Férrer manifestou o sentimento da população cearense em relação ao caos na segurança pública em nosso estado.

O descaso e a inoperância no trato com a segurança pública, tão em evidência no dia-a-dia das ruas ganham mais uma amostra: O Estado já não consegue garantir a segurança nem daqueles que estão sob a sua guarda nas penitenciárias: casos de detentos assassinados enquanto cumprem pena nas carceragens estaduais são rotineiros.

Pela sua abrangência regional e inserção nos municípios, o Sistema Maior de Comunicação tem recebido diariamente telefonemas e e-mail’s de ouvintes indignados com a onda de violência que assola o estado. Notícias nos chegam de Quixadá, Pedra Branca, Boa Viagem, Senador Pompeu, enfim, da grande maioria dos municípios. A população clama por segurança nos quatro cantos do Ceará.

A nossa força policial é o espelho do caos: prédios caindo aos pedaços, armamento obsoleto, viaturas sucateadas e falta de combustível para seu funcionamento. Vejam bem: falta até combustível!

Mas não falta excentricidade ao Governador Cid Gomes que, a despeito de toda essa crise na segurança planeja uma obra no Palácio Abolição, orçada em quase quarenta milhões de reais. Na relação de materiais a serem utilizados torneiras orçadas em quase três mil reais cada.  

Estaríamos nós vivendo no País – ou no Estado - das Maravilhas? Enquanto áreas fundamentais, como a saúde e a segurança ficam em segundo plano, o governo investe milhões numa reforma, indiferente a crise na segurança e na saúde, por exemplo. Pessoas estão sendo mortas, assaltadas, mas a reforma tem que acontecer. Afinal, o que é prioridade para esse governo?

Um estado pobre como o Ceará tem necessidades mais urgentes do que empreender reformas mirabolantes, investimentos altíssimos que não contribuem efetivamente com a melhoria da qualidade de vida das pessoas e ainda atentam contra o patrimônio arquitetônico e histórico, descaracterizando um dos principais edifícios do Ceará.

O governo Cid Gomes não convence. O tempo urge e pouco trabalho é realizado. É necessário mais do que nunca que vozes se levantem contra o jeito de governar de Cid Gomes, um governo elitista, que já computa a metade do mandato e pouquíssimas ações relevantes à sociedade.

As urnas deram um recado a Cid, com aliados importantes sendo derrotados. A mensagem não parece ter sido assimilada, talvez por uma indisfarçável comodidade de que goza o governador, que governa praticamente sem oposição. A Cid, certas vezes parece faltar senso crítico e, diante de suas últimas decisões, senso de realidade também.

Vamos lá, Governador, um pouco mais de atenção ao nosso povo, que padece nas filas dos grandes hospitais, doente, humilhado, sem esperança, enquanto os hospitais regionais, como o prometido a região do Sertão Central continuam sendo apenas promessas repetidas exaustivamente nos palanques. Vamos reagir contra o crime, o povo precisa de segurança.


  imprimir
enviar para um amigo 
voltar

Nenhum Comentário

Deixe seu comentário



Outros Artigos:
 
 
 
 
Sistema Maior de Comunicação
Rua Monsenhor Salviano Pinto, 507 – Centro CEP 63800-000 Quixeramobim – CE
Fones: (88) 3441.0263 / 3441.1178 Fax: (88) 3441.1209 - E - mail: contatomaior@sistemamaior.com.br
Copyright © 2006-2017  - Todos os direitos reservados