Rádio Campo Maior AM
Canudos FM
SM Publicidade
Fundação Canudos
Quixeramobim
Fale Conosco
Você concorda com o aumento no número de vereadores em Quixeramobim nas eleições de 2020?




 
Domingo, 23 de julho de 2017.
Clique aqui para ouvir nosso Jingle
No ar: As Cançes Que Você Fez Pra Mim
No ar: - -
 

Sérgio Machado
Radialista


Os tucanos e a comunicação
   
Acompanhei recentemente na TV uma entrevista concedida pelo deputado João Jaime, que, indagado por uma telespectadora sobre o porquê da rejeição do eleitorado fortalezense aos tucanos, atribuiu o problema a “falta de comunicação”. 

Estranho ouvir de um tucano essa afirmação, pois foi exatamente Tasso Jereissati, do PSDB, um dos governadores que mais gastaram com comunicação em toda a história da mídia institucional do estado. O que estaria havendo então? Teriam sido mal aplicados os milhões do contribuinte cearense? Ou as grandes empresas sempre tão bem tratadas pelo governo teriam realizado um trabalho ineficaz?

Observe-se que os tucanos encontram grandes dificuldades na capital onde é aplicada a maior parcela da verba para a mídia e onde estão sediados os principais órgãos estatais, entretanto o partido detém ainda o poder em importantes cidades interioranas, onde a comunicação é quase inexistente, esparsa, mas conta com a força do rádio, um potencial tantas vezes subestimado por aqueles que comandam a máquina estatal e as grandes agências de propaganda.

Entre o choramingar dos tucanos pelo leite derramado, a prática agora copiada destes pelos socialistas e o público do interior, existe um veículo que subsiste prestando serviços a população e fazendo acontecer a comunicação de uma forma séria, imparcial e de grande alcance social.

Apesar de o maior investimento tucano em mídia ser nos veículos sediados na capital é o interior que dá o maior retorno. É o rádio interiorano o veículo de comunicação mais democrático, mais acessível e mais presente no dia-a-dia das pessoas. Essa ferramenta tão massacrada pelos poderosos é muito mais do que entretenimento, é o elo entre a informação e o ouvinte. É através dela que a população tem acesso instantâneo ao que está acontecendo.

O problema da comunicação, com certeza não está no veículo, mas nos bastidores das agências e nos figurões que detém as altas contas de publicidade do Estado, que não fazem o direcionamento correto das peças da comunicação institucional.

  imprimir
enviar para um amigo 
voltar

Nenhum Comentário

Deixe seu comentário



Outros Artigos:
 
 
 
 
Sistema Maior de Comunicação
Rua Monsenhor Salviano Pinto, 507 – Centro CEP 63800-000 Quixeramobim – CE
Fones: (88) 3441.0263 / 3441.1178 Fax: (88) 3441.1209 - E - mail: contatomaior@sistemamaior.com.br
Copyright © 2006-2017  - Todos os direitos reservados