Rádio Campo Maior AM
Canudos FM
SM Publicidade
Fundação Canudos
Quixeramobim
Fale Conosco
Você concorda com o aumento no número de vereadores em Quixeramobim nas eleições de 2020?




 
Domingo, 19 de novembro de 2017.
Clique aqui para ouvir nosso Jingle
No ar: As Melhores da Canudos
No ar: Domingo Sertanejo
 

Sérgio Machado
Radialista


O que revelam as urnas
   

O resultado das eleições majoritárias em Quixeramobim requer uma análise realista, sem paixões, da atual conjuntura política do município. Edmilson Júnior(PMDB), reeleito com uma diferença de apenas dois mil oitocentos e cinqüenta e três votos, quando seus correligionários esperavam uma diferença superior a dez mil votos, apesar de mostrar que tem brilho próprio e de já ter sua marca impressa na história política do nosso município, tem quatro anos para concretizar projetos ainda não efetivados e consolidar seu próprio grupo.

O grupo político do Dr. Rômulo Coelho(PSB), contanto, mesmo sem uma cadeira sequer no legislativo e sem o apoio do quantitativo de lideranças que cercam a atual administração, vem alcançando um grande amadurecimento político e conquistando mais espaço a cada pleito que se realiza.  Fiquemos atentos para isso: Quixeramobim mostra uma tendência crescente de adesão à esquerda, ou pelo menos, oposição ao grupo de Edmilson Júnior e do ex-prefeito Cirilo Pimenta.

Edmilson e Rômulo são da base de apoio do Governo Lula e se beneficiaram da popularidade do presidente, sobretudo dos recursos aportados no município, que, obviamente, acabam por refletir mais significativamente na gestão de Edmilson.  Rômulo, apesar de ter recebido o Governador Cid e o ex-ministro de Lula e atual deputado federal Ciro Gomes em seu palanque, também não obteve com esses apoios grandes vantagens, tendo em vista que o PMDB, que também é da base de apoio do governador enviou à terrinha seu presidente regional Eunício Oliveira, também deputado federal e ex-ministro de Lula, como Ciro, para fortalecer a campanha de Edmilson.


Como se vê, em termos de apoios políticos, a balança esteve equilibrada. Deve-se, portanto, reconhecer o mérito de cada um dos candidatos. Edmilson, que vem se firmando como um grande nome e que precisa cada vez mais se consolidar como liderança atuante e com estilo próprio de governar e não apenas um aliado de Cirilo Pimenta e, Rômulo Coelho, que, diga-se de passagem, com um pouco mais de articulação, pode vir a tirar o sono de muita gente.

Fato é que, votos apurados, o resultado é Edmilson Júnior reeleito e a vida, como a política, continua. Assim sendo, baixada a poeira da empolgação e acalmados os ânimos, iniciem ambos os grupos um processo de autocrítica a partir do qual possam planejar suas estratégias.

É hora de Edmilson Júnior e seu grupo analisarem com parcimônia o resultado das urnas, fazerem uma leitura desse resultado. O município está dividido, é hora de agregar, de buscar o diálogo, de ouvir a sociedade. Esta, sem dúvida, deve ter muito a dizer após tanto ter ouvido nesse período eleitoral que se encerra.

Talvez seja a hora de avaliar posturas adotadas, ver o que funciona e o que não funciona e promover as mudanças necessárias, afinal, às vezes é preciso mudar para continuar o mesmo...


  imprimir
enviar para um amigo 
voltar

Nenhum Comentário

Deixe seu comentário



Outros Artigos:
 
 
 
 
Sistema Maior de Comunicação
Rua Monsenhor Salviano Pinto, 507 – Centro CEP 63800-000 Quixeramobim – CE
Fones: (88) 3441.0263 / 3441.1178 Fax: (88) 3441.1209 - E - mail: contatomaior@sistemamaior.com.br
Copyright © 2006-2017  - Todos os direitos reservados