09/10/2017
Cemitério de Quixeramobim: Um problema do passado, do presente e do futuro

O Cemitério Nossa Senhora do Carmo, em Quixeramobim, a cada dia se torna mais ocupado por jazigos, túmulos e capelas, construídas de forma desordenada, sem fiscalização.

O Quixeramobim Agora realizou nos últimos dias uma visita e constatou a situação difícil em que se encontra o local. A capela principal, símbolo arquitetônico singular do município, talvez até do país, está com jazigos até os pés (literalmente), com seu entorno totalmente ocupado.

O Cemitério Nossa Senhora do Carmo é um patrimônio da cidade de Quixeramobim e precisa de mais cuidado, não somente na época do Dia de Finados. Flagramos mato, dificuldade para se encontrar os túmulos e ainda resto de caixão espalhados entre os poucos espaços. A solução para o problema, em curto prazo, é proibir novos construções de jazigos e túmulos, e a longo prazo, a ampliação do local ou até mesmo construção de um novo Cemitério.
Postado por: Jornalismo - Sistema Maior de Comunica��o