24/10/2017
Eunício pede entendimento para atuação de taxistas e motoristas de aplicativos

Taxistas e motoristas das empresas Uber, Cabify e de outros aplicativos de transporte precisam se manter ativos e trabalhando em conjunto para atender da melhor maneira possível os cidadãos brasileiros. Foi o que defendeu o presidente do Senado, Eunício Oliveira, nesta terça-feira (24).

“Ideal era que buscassem um entendimento entre os dois segmentos que servem à sociedade: os taxistas, que já são uma tradição, e o novo segmento que surgiu, através de aplicativo. O correto, no meu entendimento, é que você não extinga um ao outro, mas regulamente para que eles possam fazer uma concorrência saudável e que beneficie o consumidor brasileiro”, disse, ao sair de evento no auditório Petrônio Portela.

O tema é polêmico e deverá ser muito debatido nesta tarde na Comissão de Ciência e Tecnologia (CCT). O colegiado tem na pauta propostas que regulamentam o uso dos aplicativos de transporte (PLC 28/2017, PLS 30/2015 e PLS 726/2015). Há ainda um requerimento de urgência para a análise das propostas em Plenário.

Taxistas defendem a aprovação da proposta como veio da Câmara dos Deputados, nivelando o “transporte privado de passageiros” aos taxistas, exigindo, por exemplo, placa vermelha para identificação. Os motoristas dos aplicativos defendem o substitutivo do senador Pedro Chaves (PSC-MS), que é mais ameno, mas impõe uma série de obrigações às empresas.

Eunício informou que, se houver entendimento entre os líderes partidários, o requerimento de urgência será colocado em votação na sessão plenária desta tarde. (do Repórter Ceará – Agência Brasil)
Postado por: Jornalismo - Sistema Maior de Comunica��o