Rádio Campo Maior AM
Canudos FM
SM Publicidade
Fundação Canudos
Quixeramobim
Fale Conosco
Você concorda com o aumento no número de vereadores em Quixeramobim nas eleições de 2020?




 
Domingo, 23 de abril de 2017.
Clique aqui para ouvir nosso Jingle
No ar: Show dos Bairros
No ar: Musical 840
 
 
22/07/2009
Ponto de Cultura Patrimônio Vivo

Durante a fase de inscrição para a seleção de alunos das oficinas que serão oferecidas pelo IPHANAQ no Ponto de Cultura Patrimônio Vivo, foram produzidos textos sobre a importância da preservação do patrimônio histórico e cultural de Quixeramobim, dos quais selecionamos três para publicação nesse espaço:

A IMPORTÂNCIA DA PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E CULTURAL DE QUIXERAMOBIM

O patrimônio histórico e cultural de Quixeramobim é uma herança deixada por nossos antepassados, é o marco da história de nossa cidade; todas as batalhas e conquistas; é a forma mais real de mostrar todo crescimento de Quixeramobim. Por essas razões é de total importância preservar o nosso patrimônio histórico e cultural, valorizando-o para que nossa história não tenha um fim em si mesmo. Deixando também para os nossos sucessores, e assim eles possam usufruir dessa tão grandiosa riqueza. Temos que nos conscientizar que é toda uma história que está em jogo, são muitas conquistas e lembranças deixadas em forma de patrimônio histórico.

Como iremos entender o presente se não sabemos o passado? E como vamos entender o passado se não vivemos o presente, na perspectiva de compreender a realidade histórica? O nosso patrimônio histórico e cultural é memória viva, é ele que nos ensina como entender melhor o hoje. Através dele, conhecemos nossas raízes, origens e o porquê da nossa história.

Thays Nayane Varelo de Sousa (Aluna do Ponto de Cultura: Patrimônio Vivo- IPHANAQ)

POR QUE PRESERVAR O PATRIMÔNIO HISTÓRICO?

Sabemos que muitas cidades brasileiras se destacam, são lembradas por seus patrimônios históricos e culturais, o que não se diferencia de Quixeramobim, pois também é conhecida por seu aspecto cultural.

Daí vem, por que da preservação desse patrimônio? Os mesmos são partes importantes de nossa cidade, são sobre eles e com eles que mantemos nossas características, enfim, a base de nossa cultura. Ao perder um patrimônio é como se cada um de nós perdêssemos uma parte de nós mesmos que está enraizada desde a nossa existência.

Formas de preservação existem várias, contudo, a mais significativa é a coletiva. Se cada um de nós cuidasse do que verdadeiramente é nosso, no futuro não teremos que nos preocupar em preservar nossa cultura, pois tudo depende da mudança de uma postura isolada, sem horizontes, para uma prática que envolva educação e cidadania.

Sendo assim, a união de todos pode ajudar nessa preservação, para que no futuro bem próximo sejamos lembrados por nossa sociedade, pelos patrimônios preservados, referência de qualquer lugar que deseja a verdadeira emancipação histórica e cultural.

Weslley Rodrigues Morais (Aluno do Ponto de Cultura: Patrimônio Vivo- IPHANAQ)

A CULTURA É A MANIFESTAÇÃO DE UM POVO

A cultura é o reflexo da história de um povo. Portanto, a manifestação das tradições e valores de um lugar, reflete a valorização dada, ou não, dessa história.

Sendo assim, a preservação do patrimônio histórico e cultural de Quixeramobim se faz necessária, e porque não dizer urgente, pois sabemos que a omissão marcará gerações sem raízes históricas e sem identidade de um povo.

Em Quixeramobim várias são as manifestações culturais, como: Festa do Padroeiro Santo Antônio, Quadrilhas, Bumba -meu –boi, Festa do Município, as manifestações religiosas nos bairros. A cultura e a arte expressam-se também por meio da arquitetura, dentre tais destacamos: A Ponte Metálica, Barragem, Casa onde nasceu Antônio conselheiro, Centro Cultural Antônio Conselheiro, Câmara de Vereadores (Antiga casa de câmara e cadeia), Igreja do cemitério, do Rosário e do Bonfim, além da Igreja Matriz que é de 1775 e até hoje conserva alguns traços arquitetônicos da época, apesar das muitas alterações já realizadas, infelizmente.

Enfim, a referida preservação deve ser um compromisso de todos os poderes e da sociedade, não esquecendo que é algo desafiador nos dias de hoje, juntar a chamada modernidade com as nossas referências do passado. Portanto, devemos nos conscientizar que grandes são os desafios e objetivos, porém, vale a pena estudar a história, vivenciá-la e, sobretudo, preservá-la.

Iara Torres de Castro (Aluna do Ponto de Cultura: Patrimônio Vivo- IPHANAQ)

LANÇAMENTO DO PONTO DE CULTURA PATRIMÔNIO VIVO

Neste dia 25 de julho, sábado, acontecerá no Auditório do Liceu de Quixeramobim, às 9:00hs da manhã o lançamento do Ponto de Cultura Patrimônio Vivo. Na oportunidade acontecerá um seminário sobre políticas culturais, onde serão convidados representantes da SECULT, do IPHAN e da Prefeitura Municipal de Quixeramobim. Toda a comunidade está sendo convidada a participar desse importante acontecimento que tem como objetivo contribuir para a formação e conscientização de nossa sociedade para a preservação de nosso patrimônio histórico e cultural.

Neto Camorim – Presidente do Iphanaq

Postado por:

  imprimir
enviar para um amigo 
voltar
 

1 Comentário

por Osvaldo, em 24 de Julho de 2009 as 10:19
Iara, Thays e Weslley belos textos. multiplicando essas ideias, iremos longe. parabéns. osvaldo

Deixe seu comentário



Outros:
 
 
 
 
Sistema Maior de Comunicação
Rua Monsenhor Salviano Pinto, 507 – Centro CEP 63800-000 Quixeramobim – CE
Fones: (88) 3441.0263 / 3441.1178 Fax: (88) 3441.1209 - E - mail: contatomaior@sistemamaior.com.br
Copyright © 2006-2017  - Todos os direitos reservados