Rádio Campo Maior AM
Canudos FM
SM Publicidade
Fundação Canudos
Quixeramobim
Fale Conosco
Você concorda com o aumento no número de vereadores em Quixeramobim nas eleições de 2020?




 
Domingo, 19 de novembro de 2017.
Clique aqui para ouvir nosso Jingle
No ar: As Melhores da Canudos
No ar: Domingo Sertanejo
 
 
05/07/2010
Parabéns Correios! Reformar para preservar, e para não destruir

No dia 01 de julho último, foi reinaugurada a agência dos Correios de Quixeramobim. Numa solenidade que contou com a presença de diversas pessoas e autoridades, como os representantes da diretoria regional dos Correios - CE, da agência local do Bradesco, Banco do Nordeste do Brasil, Câmara Municipal, diretores de escolas e do Prefeito Municipal Edmilson Junior.

Como convidado, estive representando o IPHANAQ neste evento e algo me chamou atenção nas falas dos oradores. Todos ressaltaram a importância de se preservar a história e a memória. Vou explicar por que: Ao reformar a agência local, a equipe de engenharia contratada fez um bonito trabalho de restauração da antiga fachada, trazendo o nome Correios e Telegraphos, com “ph”, como era antes em Quixeramobim. Um trabalho belíssimo, que além de proporcionar um maior espaço para atender seus clientes com mais qualidade e excelência nos seus serviços, ainda trouxe a todos os presentes a reflexão do quanto é importante preservar o patrimônio histórico de um povo.

Espero que esse gesto dos Correios tenha servido de exemplo a todas as autoridades políticas de nosso município ali presentes e de maneira especial ao senhor prefeito municipal, de como se deve valorizar a história e memória de um povo, e não ficar adiando o processo de tombamento municipal. Medida que nossa cidade necessita a muitos anos, diante da demolição dos prédios históricos que ainda restam, e da especulação imobiliária que existe no centro histórico, onde os investidores só têm olhares para a idéia do “novo” e do moderno, em nome de um suposto desenvolvimento, sem nenhuma relação com a nossa história.

Os Correios de fato deram uma verdadeira lição às nossas autoridades municipais, prefeito e vereadores, que ficam insensíveis a essa questão, mostrando que é perfeitamente possível conviver o novo com o antigo, sem destruir tais edificações.

Me chamou muita atenção a fala do senhor prefeito nessa solenidade, quando disse entre outras coisas, da preocupação de sua gestão em preservar a história de nosso município, restaurando as fachadas da sede da Prefeitura Municipal e das Secretarias que funcionam em prédios históricos. Acho que ele se empolgou com a fala dos diretores dos Correios, que enfatizaram tanto a importância da preservação da história e acabou falando isso. Pois o que presenciamos constantemente em nossa cidade é justamente o contrário. Não existe uma política pública municipal voltada para a preservação do patrimônio histórico, entre outras questões culturais.

Está com mais de um ano que a prefeitura foi comunicada e até hoje não seguiu as orientações do IPHAN e do Ministério Público Estadual, que já definiram a área poligonal do centro histórico e até o presente momento, o senhor prefeito não enviou a Câmara Municipal o decreto estabelecendo o tombamento. E outra: o próprio poder municipal é conivente com a destruição dos prédios históricos e construções irregulares, pois não fiscaliza. Ao contrário, muitas vezes, a prefeitura também faz alterações de pinturas, como no casarão onde funciona a prefeitura municipal, colocando letreiros, descaracterizando a fachada do prédio. Segundo o arquiteto Fausto Nilo, um verdadeiro absurdo e um desrespeito a memória de nossa cidade.

Quixeramobim, para quem não sabe, é uma das sete mais antigas cidades do Ceará, e só existem dois prédios históricos tombados. O prédio da Câmara e antiga cadeia a nível federal pelo IPHAN e a casa onde nasceu Antonio Conselheiro, a nível estadual pela SECULT. Mesmo diante dessa situação, os nossos governantes locais não têm dado a devida importância para a nossa história, tão rica em acontecimentos relevantes para a história do Ceará e do Brasil. Por exemplo: Aqui nasceu Antonio Conselheiro. Precisamos valorizar mais a história desse grande líder, ainda mal compreendido em nossa cidade. Também é terra do mestre Piauí com seu boi de reisado, das festas de Santo Antônio e outras manifestações culturais.

Espero que depois do exemplo da restauração da agência dos Correios, o senhor prefeito se sensibilize e veja o quanto é importante a preservação do patrimônio histórico, seja ele material ou imaterial. E não fique só em discursos de inaugurações ou em épocas de campanhas eleitorais, mas que de fato tais ações possam acontecer com a participação da sociedade, que também pode e quer contribuir. Mas para que isso aconteça é preciso vontade e compromisso político com as questões históricas e culturais.

Não dá mais para encarar essa situação como pensam alguns de seus assessores e aliados políticos e de interesses comercias. Eles avaliam que esse discurso da preservação do patrimônio seja conversa de algumas pessoas sem credibilidade ou sem competência, como tem sido acusado o IPHANAQ algumas vezes. Será que os diretores dos Correios e do Bradesco que estavam na reinauguração da agência dos Correios local, e todos ali presentes, reconhecendo a importância da preservação do patrimônio também são incompetentes ou sem credibilidade? Vejo que já estamos é atrasados em fazer algo realmente concreto do que ficar enrolando e deixando o tempo passar e a cidade perder suas referências históricas e o povo ter as suas memórias destruídas.

Vale ressaltar, que a sociedade civil tem mesmo é que cobrar das autoridades responsáveis. É esse o nosso papel enquanto cidadãos. E enquanto IPHANAQ, a nossa luta vai continuar. Em breve estaremos realizando uma campanha para sensibilizar a sociedade sobre a importância de se fazer um “tombamento já”.

Por último quero parabenizar os Correios pelo retorno da fachada com a palavra “Telegraphos” na agência de nossa cidade, nos presenteando com um prédio que nos permite perceber o quanto é importante preservar a nossa memória e história na construção de nossa identidade cultural.
Postado por: Neto Camorim- Historiador e presidente do IPHANAQ

  imprimir
enviar para um amigo 
voltar
 

Nenhum Comentário

Deixe seu comentário



Outros:
 
 
 
 
Sistema Maior de Comunicação
Rua Monsenhor Salviano Pinto, 507 – Centro CEP 63800-000 Quixeramobim – CE
Fones: (88) 3441.0263 / 3441.1178 Fax: (88) 3441.1209 - E - mail: contatomaior@sistemamaior.com.br
Copyright © 2006-2017  - Todos os direitos reservados