Rádio Campo Maior AM
Canudos FM
SM Publicidade
Fundação Canudos
Quixeramobim
Fale Conosco
Você concorda com o aumento no número de vereadores em Quixeramobim nas eleições de 2020?




 
Domingo, 23 de abril de 2017.
Clique aqui para ouvir nosso Jingle
No ar: Show dos Bairros
No ar: Musical 840
 
 
12/04/2012
A cidade em fragmentos (ou ainda o paradoxo do Elefante Branco)

“Não cantes tua cidade, deixa-a em paz” (Carlos Drummond de Andrade)

No meio da tarde, eu me perco. 

Já não sou mais o mesmo, e saio à procura da poesia. Sempre encontro alguma palavra além de mim, muitas vezes escrita numa placa – “Pare!”. Não me autorizo olhar e não ler. As coisas são corruptíveis. As pessoas mudam... De lugar. Os prédios e as placas é que não mudam, são ideias fixas. Permanecem (Corruptíveis?). A verdade é que minha cabeça muda mais que o meu corpo. A mudança é a lei da vida. Se isso não é poesia, eu não sou nem gente. 

Ninguém sabe nada de si. Só a cidade é que se revela gigante e tão pequena. Dobrando a esquina o cenário é pós-apocalíptico. Paradoxal - A falta de memória alimenta um Elefante Branco que come lixo - eu passo quase todo dia em frente e nem vejo. Uns passarinhos pousam na fiação elétrica, não os ouço cantar, pois muitos homens vestidos de laranja estão trabalhando, quebrando e construindo a cidade com uma máquina barulhenta. 

A cidade é pulsação, universo-particular, célula-cosmo. Lugar sem lei, vereda que dá em canto nenhum. O mar de gente banha a rua que na madrugada era deserta. Continuo perdido no meio da tarde, entre o preto e o branco, o cinza-mudo  é que colore a paisagem. O Elefante branco é só silêncio. Um silêncio que incomoda. Um Elefante branco incomoda muita gente? Acho que não. Finjo que ele não está lá.

Encontrei-me novamente.
Postado por: Bruno Paulino integra o Iphanaq e é acadêmico de Letras da Uece (Feclesc).

  imprimir
enviar para um amigo 
voltar
 

Nenhum Comentário

Deixe seu comentário



Outros:
 
 
 
 
Sistema Maior de Comunicação
Rua Monsenhor Salviano Pinto, 507 – Centro CEP 63800-000 Quixeramobim – CE
Fones: (88) 3441.0263 / 3441.1178 Fax: (88) 3441.1209 - E - mail: contatomaior@sistemamaior.com.br
Copyright © 2006-2017  - Todos os direitos reservados