Rádio Campo Maior AM
Canudos FM
SM Publicidade
Fundação Canudos
Quixeramobim
Fale Conosco
Você concorda com o aumento no número de vereadores em Quixeramobim nas eleições de 2020?




 
Sexta-feira, 21 de julho de 2017.
Clique aqui para ouvir nosso Jingle
No ar: Conexão 106
No ar: Show Popular
 
 
 
18/05/2017
Investigação
Polícia Civil de Quixadá prende criminosos que praticavam crime milionário de estelionato

Foi descoberto pela Polícia Civil de Quixadá, um esquema milionário de um grupo de jovens, que vinham aplicando golpes financeiros em vários estados brasileiros, como São Paulo, Rio de Janeiro e Santa Catarina. A Polícia ainda está realizando os levantamentos, mas estima-se que a movimentação financeira do grupo era superior a R$ 1 milhão.

De acordo com o delegado regional da Polícia Civil, Marcus Vinicius Damasceno, o “cabeça” do bando é Rafael Ferreira Vieira, mais conhecido como “Rafael Galinha”, 28 anos. O mesmo foi preso na manhã desta quarta-feira,17, em Quixadá. O jovem estava sendo procurado pela Polícia na capital cearense e região metropolitana. No entanto, Rafael percebeu que estava prestes a ser encontrado, e se entregou aos agentes, após deletar arquivos das suas redes sociais.

Na terça-feira, 16, já haviam sido localizados Rafael Rodrigues Pereira, 23 anos, mais conhecido como "Rafael Fuinga", acusado de "alugar" contas bancárias a Rafael Ferreira, líder da quadrilha. Em troca, ele recebia um percentual dos valores. O outro acusado, identificado como Marcos Antônio da Silva Júnior, também de 23 anos, dava suporte e era motorista.

As vítimas caiam nos golpes aplicados por “Rafael Galinha”, sob promessa do recebimento de aposentadoria futura, porém era preciso pagar as custas processuais e honorários advocatícios. Persuadidas, as vítimas caiam no golpe e depositavam a quantia exigida.

O trio foi preso em flagrante por crime de estelionato e associação criminosa. As contas bancárias dos criminosos estão sendo bloqueadas, e a Polícia não descarta a possibilidade do envolvimento de advogados no esquema. Estima-se que a quadrilha era formada por 30  pessoas.

Postado por: Jornalismo - Sistema Maior de Comunicação

  imprimir
enviar para um amigo 
voltar
 
 
 
 
 
Sistema Maior de Comunicação
Rua Monsenhor Salviano Pinto, 507 – Centro CEP 63800-000 Quixeramobim – CE
Fones: (88) 3441.0263 / 3441.1178 Fax: (88) 3441.1209 - E - mail: contatomaior@sistemamaior.com.br
Copyright © 2006-2017  - Todos os direitos reservados