Rádio Campo Maior AM
Canudos FM
SM Publicidade
Fundação Canudos
Quixeramobim
Fale Conosco
Você concorda com o aumento no número de vereadores em Quixeramobim nas eleições de 2020?




 
Domingo, 24 de setembro de 2017.
Clique aqui para ouvir nosso Jingle
No ar: Domingão da Canudos
No ar: Brega Maior
 
 
 
O Escafandro e a Borboleta
SINOPSE:
Jean-Dominique Bauby (Mathieu Amalric) tem 43 anos, é editor da revista Elle e um apaixonado pela vida. Mas, subitamente, tem um derrame cerebral. Vinte dias depois, ele acorda. Ainda está lúcido, mas sofre de uma rara paralisia: o único movimento que lhe resta no corpo é o do olho esquerdo. Bauby se recusa a aceitar seu destino. Aprende a se comunicar piscando letras do alfabeto, e forma palavras, frases e até parágrafos. Cria um mundo próprio, contando com aquilo que não se paralisou: sua imaginação e sua memória.


COMENTÁRIOS:
Não estamos diante de qualquer produção cinematografica, mas de uma sucessão de cenas psicologicamente impactantes em nossa subjetividade. O escafandro é um icone de prisão dentro de si mesmo, com uma diferença semantica: em um há a possibilidade de volta, e no caso do filme não. É angustiante para nós ir para um lugar desconhecido sem poder voltar, ainda mais quando se trata de um lugar desconfortável, estático e pior: solitário. Mas para nosso protagonista, vemos um destino (ou presente) pior ainda: somente ele está sozinho consigo mesmo, seu mundo que girava parou apenas para ele, e nem poderia dizer seus sentimentos, suas sensações, teria que viver, repito, teria que viver e aceitar, e esperar pela morte da pior forma, pior que qualquer um de nós. Recomendo. (Maslowa Pinheiro Rodrigues)



  voltar        
 
 
 
 
 
Sistema Maior de Comunicação
Rua Monsenhor Salviano Pinto, 507 – Centro CEP 63800-000 Quixeramobim – CE
Fones: (88) 3441.0263 / 3441.1178 Fax: (88) 3441.1209 - E - mail: contatomaior@sistemamaior.com.br
Copyright © 2006-2017  - Todos os direitos reservados